CLAUSEWITZ E OS CONFLITOS IRREGULARES:

UM PANORAMA SOBRE AS “NOVAS” GUERRAS NO SÉCULO XXI

Autores

  • Rachel Silva da Rocha Coutinho
  • Victor Leandro Chaves Gomes

DOI:

https://doi.org/10.47240/revistadaesg.v31i62.468

Palavras-chave:

Clausewitz. Terrorismo. Novas Guerras.

Resumo

Após o atentado de 11 de Setembro de 2001, muito se tem discutido acerca das possíveis transformações na natureza da guerra, especialmente em virtude do terrorismo e de outros conflitos não tradicionais. Os atores neste contexto são diversificados, e os inimigos não são mais clássicos e claramente identificáveis, no caso da guerra ao terror e às drogas. Conquanto o crescimento da guerra irregular tenha adquirido maiores proporções no início dos anos 2000, esta remete a tempos bem mais antigos. No século XIX, o general Carl von Clausewitz promoveu importantes contribuições sobre a guerra – especialmente no que tange à sua essência, aos meios e aos objetivos –, onde a violência se constitui parte fundamental e a política é vista como o cerne deste processo. Neste sentido, o presente artigo visa analisar, ainda que brevemente, alguns princípios estabelecidos pelo autor no que diz respeito a um modelo clássico de guerra, a fim de comparar argumentos que possam ou não indicar a presença de uma “nova” configuração no atual cenário.

Downloads

Publicado

31-12-1969

Edição

Seção

Artigos