PERCEPÇÕES SOBRE DEFESA E INDUSTRIALIZAÇÃO DURANTE O ESTADO NOVO

Autores

  • Luiz Rogério Franco Goldoni

DOI:

https://doi.org/10.47240/revistadaesg.v27i54.239

Palavras-chave:

Góes Monteiro. Eurico Dutra. Roberto Simonsen. Defesa. Indústria.

Resumo

Durante o Estado Novo, alguns oficiais superiores com mais preparo intelectual, sensibilidade política e responsabilidades institucionais, como Góes Monteiro e Eurico Dutra, buscaram fundamentar solidamente as demandas corporativas. Lendo atentamente seus posicionamentos públicos, é possível captar a percepção predominante no Exército acerca dos múltiplos entraves e possibilidades ao desenvolvimento industrial brasileiro, notadamente em seus aspectos mais próximos do interesse militar. Para esses oficiais era impossível dissociar defesa de desenvolvimento tecnocientífico, educação e indústria. Roberto Simonsen compartilharia parte dessa visão. Para o economista, a indústria desempenharia papel decisivo no esforço de guerra.

Downloads

Publicado

25-08-2017

Edição

Seção

Artigos