VEÍCULO DE LANÇAMENTO CYCLONE-4: IMPACTOS NO PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO

Autores

  • Augusto Luiz de Castro Otero
  • Carlos Alberto Gonçalves de Araujo

DOI:

https://doi.org/10.47240/revistadaesg.v30i60.169

Palavras-chave:

Veículos lançadores. Cyclone-4. Espaço. Defesa. Soberania.

Resumo

O segmento Acesso ao Espaço do Programa Nacional de Atividades Espaciais (PNAE) é um instrumento de desenvolvimento econômico e tecnológico, e de fundamental importância para a manutenção da soberania nacional. Neste trabalho, realizou-se uma análise dos investimentos previstos nos projetos do segmento de acesso ao espaço nos últimos vinte anos, com foco no desenvolvimento e industrialização de veículos lançadores nacionais. Dessa forma, aborda a evolução do programa de lançadores nacionais Cruzeiro do Sul e do empreendimento Cyclone-4. Analisa e efetua considerações acerca da implementação das políticas e estratégias brasileiras para acesso ao espaço, os acordos entre o Brasil e os Estados Unidos da América e principalmente entre o Brasil e a Ucrânia para o empreendimento Cyclone-4 e, finalmente, os impactos no desenvolvimento nos programas nacionais de veículos lançadores. A metodologia adotada comportou uma pesquisa bibliográfica, documental e qualitativa com especialistas envolvidos nas atividades espaciais do nosso país. O campo de estudo delimitou-se aos impactos em investimento e prazo. A conclusão indica que o problema de baixo aporte de recursos nos projetos nacionais de segmento Acesso ao Espaço do PNAE é histórico, mas o advento Cyclone-4 causou, indiretamente, redução do investimento e alargamento do prazo para o desenvolvimento e industrialização dos projetos nacionais de lançadores para acesso ao espaço.

Downloads

Publicado

14-08-2017

Edição

Seção

Artigos