COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS AO PILOTO DE KC-390

Autores

  • Bruno Américo Pereira
  • Flavio Neri Hadmann Jasper

DOI:

https://doi.org/10.47240/revistadaesg.v30i61.157

Palavras-chave:

Competências. Treinamento. Pilotos. KC-390.

Resumo

O presente artigo tem por objetivo verificar se as competências individuais de determinados pilotos de C-130 poderão influenciar a adaptação desses tripulantes durante a fase de instrução básica de voo na futura aeronave KC-390. Para identificar as competências já disponíveis nas Unidades Aéreas daquela aeronave, realizou-se uma análise das fichas de histórico operacional de um grupo formado por catorze pilotos que ingressaram no quadro de tripulantes entre os anos de 2013 e 2014. Em seguida, demonstrou-se a aplicabilidade do método Delphi relativa à definição das competências necessárias para voar o futuro avião com segurança, realizando três rodadas de questionários entre dez pilotos instrutores de C-130, considerados especialistas na operação da aeronave. Após as rodadas de discussão, os especialistas definiram uma relação contendo vinte e sete competências necessárias aos pilotos de KC-390, separadas nas áreas de conhecimentos, habilidades e atitudes. Dessa maneira, foi possível identificar nas fichas de histórico operacional que as ausências de cinco competências individuais poderiam influenciar negativamente, numa visão prospectiva, a adaptação de alguns pilotos. Assim, o resultado deste artigo pode ser utilizado para o aprimoramento do processo de treinamento dos novos pilotos, buscando reduzir a ocorrência de voos deficientes na fase de instrução básica.

Downloads

Publicado

14-08-2017

Edição

Seção

Artigos