A MISSÃO MILITAR FRANCESA E A LOGÍSTICA NO EXÉRCITO BRASILEIRO

Autores

  • Rodrigo Tavares Ferreira ECEME
  • Alzeir Costa dos Santos
  • Vinícius Damasceno do Nascimento

Palavras-chave:

Missão Militar Francesa, Logística, Aquisição, Produção de Material Bélico

Resumo

A Missão Militar Francesa (MMF) foi um marco no processo de evolução do Exército
Brasileiro (EB). O fim de todo exército é a guerra. É esse o seu destino, mas, para
cumprir sua missão, precisa de homens adestrados e material moderno. A tarefa da
MMF foi instruir os militares brasileiros com o que de mais avançado existia naquele
período pós-Primeira Guerra Mundial, a fim de promover a reorganização do EB,
dando-lhe confiável grau de operacionalidade e, para isso, o trabalho da logística
é essencial. A contratação da MMF ocorreu em 1919 e estendeu-se até 1940. As
discussões, nos meios político e militar, para a contratação de uma missão militar
de instrução foram intensas, desde a dúvida de qual país deveria ser contratado,
passando pela constitucionalidade da contratação até as questões econômicocomerciais para aquisição de material e equipamentos militares. Ao final da missão,
o EB apresenta uma nova estrutura na sua logística. O presente trabalho tem por
objetivo analisar a Missão Militar Francesa no Brasil e a sua importância para a
logística no EB. Como resultado, verificou-se que a MMF foi fundamental para a
modernização dos meios e das estruturas do EB, os quais se concretizaram pela aquisição de novos equipamentos e armamentos, e pelo desenvolvimento de fábricas e arsenais. Com essa reestruturação, tornou-se imprescindível a criação do Serviço de Intendência na composição da Força Terrestre, aos moldes dos exércitos
europeus, iniciando o desenvolvimento e o trabalho sistematizados da logística no
Exército Brasileiro.

Downloads

Publicado

24-02-2021

Edição

Seção

Artigos