DEFESA CIBERNÉTICA NO BRASIL

PRIMÍCIAS DE UMA HISTÓRIA DE SUCESSO

Autores

  • Eduardo Wallier Vianna MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS - MPDFT
  • José Ricardo Souza Camelo Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Defesa Nacional. Estratégia Nacional de Defesa. Setor Cibernético. Defesa Cibernética. Centro de Defesa Cibernética

Resumo

Este artigo descreve a história da defesa cibernética no Brasil entre os anos de 2008
a 2012, apresentando seu processo de constituição com base na Estratégia Nacional de Defesa. A partir da vivência dos autores em instituições da esfera cibernética,
narram-se os eventos relevantes que precederam a implantação da defesa cibernética nacional e as interações com nações amigas, introduzindo o pioneirismo do
Centro de Defesa Cibernética no Setor Cibernético brasileiro. O trabalho refere-se,
ainda, às principais documentações governamentais vigentes, imbricadas com a segurança e a defesa cibernéticas, bem como discorre, em especial, sobre as motivações, os requisitos fundamentais e os objetos dos projetos originais escolhidos pelo Exército Brasileiro para a construção da defesa cibernética na conjuntura da Defesa
Nacional.

Biografia do Autor

Eduardo Wallier Vianna, MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS - MPDFT

Possui Graduação em Aplicação e Planejamento pela Academia Militar das Agulhas Negras (1984) e Graduação em Tecnologia em Processamento de Dados pela Fundação Educacional Dom André Arco Verde (1996). Dentre as Especializações destacam-se: Mestrado em Aplicação, Planejamento e Estudos Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (1993), Docência do Ensino Superior pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997), Especialista em Internet pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2000), Criptografia e Segurança de Redes pela Universidade Federal Fluminense (2006), MBA em Administração Estratégica de Sistemas de Informação pela FGV/DF (2008), Gestão da Administração Pública pela Universidade Castelo Branco (2008), Gestão e Assessoramento de Estado-Maior na Escola de Comando e Estado Maior do Exército (2008), Gestão da Segurança da Informação e Comunicações pela Universidade de Brasília (2011), Mestrado em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (2015) e Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (2019) na subárea de gestão (segura) da Informação digital, com intercâmbio - Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (CAPES) - na Universidade do Porto/Portugal como Investigador no Departamento de Ciências da Comunicação e da Informação (DCCI/2017). Atua no setor público e privado particularmente na área de Proteção da Informação no meio digital. Dedica-se ao estudo, ensino e aplicação da gestão segura da Informação digital, do Conhecimento estratégico e das tecnologias de Informação, com ênfase nas áreas de: segurança da informação e comunicações, segurança cibernética, defesa cibernética e gestão de incidentes de segurança em rede de computadores. Foi Coordenador Geral do Centro de Tratamento de Incidentes de Redes da Administração Pública Federal - CTIR Gov, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (2009 a 2011) e Coordenador Executivo de Segurança Cibernética na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - Rio+20 (2012). Assessorou o Centro de Defesa Cibernética do Ministério da Defesa no planejamento e nas operações de segurança e de defesa cibernética durante a realização dos Grandes Eventos: Copa das Confederações (2013), Jornada Mundial da Juventude - JMJ 2013, Copa do Mundo de Futebol - FIFA 2014. Relator do Projeto de Criação da Escola Nacional de Defesa Cibernética -ENaDCiber do Ministério da Defesa, desenvolvido pela Fundação Universidade de Brasília (2014 a 2015). Coordenador Geral de Tecnologia da Informação do Instituto Nacional da Propriedade Industrial - INPI (2016 a 2017). Em 2018, foi Assessor de gestão do conhecimento do Comando de Defesa Cibernética - ComDCiber e revisor de cursos e conteudista da Escola Nacional de Defesa Cibernética - ENaDCiber (2018) e Diretor de Tecnologia da Informação do Ministério da Educação - MEC (2019). Atua como colaborador da Rede Nacional em Segurança da Informação e Criptografia - RENASIC, Pesquisador Associado da Escola Superior de Guerra - ESG /Instituto de Geopolítica e Estudos Estratégicos - IGEE e Assessor Especial da Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios - MPDFT.

José Ricardo Souza Camelo, Universidade de Brasília

Doutorando em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Desenvolve pesquisa no campo da Consciência Situacional para Defesa Cibernética. Ex subchefe do Centro de Defesa Cibernética (CDCiber). Atualmente é professor no curso de Ciência da Computação da Universidade Paulista, campi Brasília. Membro do time original dos elaboradores das diretrizes e dos projetos originais do Setor Cibernético no Exército e na Defesa e um dos pioneiros do Centro de Defesa Cibernética.

Downloads

Publicado

24-02-2021

Edição

Seção

Artigos