LOGÍSTICA HUMANITÁRIA

UMA ANÁLISE DA CAPACIDADE DO ESTADO BRASILEIRO EM RESPOSTA AO DESASTRE NATURAL DA REGIÃO SERRANA FLUMINENSE EM 2011

Autores

  • Aniele dos Santos Farroco Escola de Comando e Estado-Maior do Exército
  • Isabella Sequetto Terror Escola de Comando e Estado-Maior do Exército
  • Leonardo Perin Vichi

Palavras-chave:

Logística Humanitária. Desastres Naturais. Forças Armadas.

Resumo

Todos os anos no período de chuvas o Brasil sofre com desastres naturais, alguns em proporções maiores que os outros. Em janeiro de 2011 a região serrana do Rio de Janeiro foi castigada por fortes chuvas torrenciais. O que ocasionou diversas tragédias em diferentes cidades do estado, fazendo com que fosse considerado como um dos maiores desastres naturais do mundo, afetando mais de 300 mil pessoas. Para atender às vítimas, houve a mobilização de diversos atores do Estado brasileiro, inclusive as Forças Armadas nacionais. O presente trabalho tem como objetivo analisar a capacidade brasileira em suporte logístico humanitário, tendo como objeto de análise o desastre natural da região serrana fluminense em janeiro de 2011. Contudo, existe uma carência de fontes que trate o desastre ocorrido na região serrana do Rio de Janeiro, como de outras catástrofes naturais ocorridas no Brasil. Sendo assim, esses trabalho busca sanar algumas lacunas na área de logística humanitária em suporte a desastres naturais. Para fazer este estudo é necessário: I) Explicar o que é logística humanitária; II) Apresentar a experiência brasileira em logística humanitária; para assim, II) Analisar a resposta brasileira em suporte logístico humanitário ao desastre da região na serrana. Como metodologia de pesquisa, foi utilizado o método qualitativo, por meio de pesquisas bibliográficas, coleta e análise de dados.

 

Biografia do Autor

Isabella Sequetto Terror, Escola de Comando e Estado-Maior do Exército

É Doutoranda em Ciências Militares pela Escola de Comando e Estado Maior (2018). Mestra em Estudos marítimos pela Escola de Guerra Naval (2018). Pós-graduada m Direito Civil e Comercial pela Faculdade Damásio de Jesus (SP) (2017). Graduada em Direito pelas Faculdades Integradas Vianna Junior (2015). Analista Internacional na área de Segurança e Defesa. Especialista em Direitos Humanos e Estado de Defesa pela national Defense University (2017).

Downloads

Publicado

04-08-2020

Edição

Seção

Artigos