A ORGANIZAÇÃO PARA COOPERAÇÃO DE XANGAI E O COMBATE AO TERRORISMO

CONTRIBUIÇÕES PARA A RELAÇÃO INDO-PAQUISTANESA

Autores

  • Matheus Moraes Alves Marreiro Escola Superior de Guerra
  • Ricardo Pereira Cabral

Palavras-chave:

Organização para Cooperação de Xangai, Antiterrorismo, Sul da Ásia

Resumo

A cooperação para o combate ao terrorismo, ao separatismo e ao extremismo
tem sido a preocupação central da Organização para Cooperação de Xangai (OCX),
fundada em 2001. No ano de 2017, a Índia e o Paquistão passaram a integrar
a organização de modo permanente. Entretanto, os dois países apresentam
rivalidades históricas desde suas formações como Estados Modernos, em 1947,
devido à disputa do território fronteiriço da região de Jammu e Caxemira. Além
disso, apresentam divergências em temas relacionados à agenda de segurança da
OCX, mais especificamente, ao combate de grupos terroristas que atuam no Vale da
Caxemira. A datar desse contexto, este artigo busca investigar a Organização para
Cooperação de Xangai e sua Estrutura Regional Antiterrorista desde o neoliberalismo
institucionalista de Robert Keohane, buscando identificar os desafios e possíveis
contribuições para a construção da cooperação visando ao combate do terrorismo
entre Índia e Paquistão.

Downloads

Publicado

04-08-2020

Edição

Seção

Artigos